CRM de vendas – Por que a minha empresa precisa de um ?

Os sistemas CRM de vendas surgiram para ajudar as empresas a ter mais controle sobre a equipe de vendas e as informações dos clientes. Como consequência da sua utilização é possível aumentar as vendas, fidelizar clientes e controlar informações cruciais para a sustentabilidade do negócio.

Isso não é por acaso. Contar apenas com planilhas, e-mails e os meios tradicionais de vender como antigos sistemas enormes e difíceis já não traz o mesmo resultado. Hoje, o diferencial competitivo está no controle e gestão de dados em tempo real, de forma colaborativa e de fácil acesso, tendo a tecnologia como aliada. Bem, é aí que entram os novos CRM’s, com muita tecnologia embarcada para te ajudar a vender mais.

Por que usar um CRM de vendas ?

Se você ainda não se convenceu da importância dessa ferramenta, dá uma conferida nesses dados (cuidado, você poderá se assustar):

  • As vendas podem aumentar em até 29% para quem usa o CRM, segundo a Salesforce;
  • Mais de 70% dos usuários de sistemas de CRM reconhecem que o acesso aos dados do cliente são muito melhores desde que implantaram o uso desse tipo de ferramenta, segundo pesquisa da Software Advice. O que ajuda na criação de novas estratégias e no conhecimento das necessidades e comportamentos do público-alvo;
  • A produtividade da força de vendas pode aumentar em mais de 30%, segundo a Salesforce, já que o CRM fornece informações que reduzem o ciclo de venda em até 28%;
  • A possibilidade de utilizar o sistema de vendas em vários dispositivos faz toda a diferença para 81% dos usuários, segundo levantamento da Software Advice, já que facilita o acesso a informação em tempo real, a qualquer hora e de qualquer lugar.

Essa ferramenta parece boa, me conta mais?

Bem, além desses resultados o sistema de vendas ainda vai trazer alguns benefícios para a sua empresa, como:

  • Automação: você poderá reduzir o tempo de trabalho da sua equipe de vendas, já que o sistema tomará determinadas ações pré-estabelecidas de acordo com a necessidade do vendedor e do cliente;
  • Controlar as metas: você pode não só dizer qual é a meta, mas acompanhar todo o progresso da equipe ou do indivíduo;
  • Analisar os resultados: em tempo real será possível analisar se as estratégias de venda estão trazendo resultados e você terá dados fundamentais para a tomada de decisão.

Se interessou? Clique aqui e comece a escrever uma nova história para a sua empresa hoje mesmo.

 

Até mais!
Daniel Curvello.

Comentários