CRM de vendas x Automação de Marketing: qual ferramenta contratar?

CRM de vendas

Você sabe qual é a diferença entre um CRM de vendas e uma ferramenta de Automação de Marketing?

Afinal, esses são dois recursos importantes para qualquer empresa, mas que desempenham funções diferentes. Assim como, cada um deles tem objetivos e características distintos.

Então, na sequência, você conhece as diferenças e aplicações para poder escolher qual é o melhor para o seu negócio! Boa leitura!

O que é a Automação de Marketing?

Em primeiro lugar, esse recurso visa executar de forma automatizada tarefas que fazem parte do dia a dia de um time de Marketing Digital.

Entre elas, gestão de mídias digitais, campanhas, gerenciamento de site e blog, por exemplo.

Assim, a ferramenta de Automação de Marketing é indicada principalmente para:

  • Programar o envio de e-mails;
  • Segmentar os leads, de acordo com seu nível no funil de vendas;
  • Fazer postagens em redes sociais;
  • Migrar leads qualificados para o CRM de vendas;
  • Criar relatórios completos e personalizados sobre campanhas realizadas;
  • Agendar posts de blog;
  • Planejar fluxos de comunicação;
  • Análise de métricas e resultados facilitada e muito mais.

Dessa forma, fica claro que essa é uma ferramenta que torna mais simples as diversas atividades de gerenciamento de funil de vendas, captura de leads e qualificação, por exemplo.

Além disso, otimiza o tempo do time na realização de campanhas e acompanhamento de ações.

Então, com ela, o Marketing consegue enviar oportunidades mais assertivas para os vendedores através do CRM de vendas.

Afinal, essas são duas áreas que precisam trabalhar em conjunto para alcançar os objetivos e metas do negócio.

Inclusive, com essa troca, a Automação de Marketing também consegue reduzir o Custo de Aquisição de Clientes (CAC).

Especialmente, por aumentar o número de oportunidades e contribuir para a fidelização da base de clientes.

E o CRM de vendas?

Automação de Marketing ou CRM de vendas

Bom, agora que você já conhece a Automação de Marketing, é hora de entender como o software de Customer Relationship Manager entra em ação.

Dessa forma, depois de gerar e qualificar as oportunidades, o Marketing passa para o time de vendas essas informações.

Portanto, chega a hora de o comercial entrar em cena para fechar o contrato. Então, entre os recursos disponíveis em um CRM de vendas estão:

  • Automatização de tarefas, como o envio de propostas, por exemplo;
  • Integrações com outros softwares e plataformas que a empresa já usa, como Pluga e RD Station. Ou seja, você concentra as atividades em um só local;
  • Elaboração e envio de mensagens modelo;
  • Acesso remoto, de qualquer dispositivo conectado à internet;
  • Dados salvos em nuvem, sem risco de perda de informações;
  • Ranking dos vendedores, com direito a metas;
  • Métricas dos indicadores de performance à distância de poucos cliques;
  • Aprimoramento e acompanhamento do funil de vendas;
  • Histórico de compras e contatos com leads e clientes;
  • Gerenciamento de cada lead;
  • Criação de formulários de captura e muito mais.

Ou seja, além de facilitar a rotina, melhorar a produtividade e otimizar o tempo do vendedor, o sistema permite aprimorar processos, promovendo melhoria contínua.

Especialmente para processos de venda complexos, como os do B2B, por exemplo, a performance é mais eficiente.

Porém, por existirem muitas opções no mercado, é importante verificar as características oferecidas.

Além disso, vale a pena testar gratuitamente a ferramenta que pretende contratar, como a Linkseller, que oferece sete dias gratuitos de teste.

CRM de vendas x Automação de Marketing: qual contratar?

Por fim, você já conhece o CRM de vendas e a Automação de Marketing, mas ainda não definiu quando deve contratar cada uma?

Então, veja abaixo os principais pontos para considerar nessa decisão:

Automação de Marketing

  • Deve melhorar a rotina;
  • Precisa otimizar o tempo do time de maneira efetiva;
  • Os relatórios devem ter as informações cruciais para o seu negócio;
  • Personalização é fundamental;
  • Confirme que a ferramenta é capaz de acompanhar o crescimento da empresa, como volume de envios e cadastros, por exemplo;
  • É essencial que contribua para os principais fluxos, como estruturação dos canais, geração e nutrição de leads.

CRM de vendas

  • Escolha de acordo com seu processo de vendas e a complexidade dele;
  • Cheque o número de vendedores que podem ser cadastrados;
  • Considere a jornada de compra do seu consumidor;
  • Deve otimizar a taxa de conversão;
  • Avalie a capacidade de armazenamento de dados;
  • Customização também é essencial;
  • Verifique a acessibilidade e as integrações disponíveis;
  • Confirme que os relatórios possuem o que você precisa.

Além disso, tanto na Automação de Marketing e no CRM de vendas avalie a facilidade de uso.

Afinal, todos do seu time devem conseguir utilizá-los, independente da intimidade que tenham com a tecnologia.

Assim, quanto mais intuitivo e simples, melhor será a aceitação da ferramenta. Agora, é escolher o que é mais adequado ao seu negócio e ampliar suas vendas. Até breve!