O que é vendedor externo e 5 cuidados para gerenciá-lo

O que é vendedor externo

Saber o que é vendedor externo e qual a importância desse profissional é essencial para o sucesso do seu negócio.

Afinal, dentro do time comercial é fundamental ter pessoas com habilidades distintas e funções diferenciadas. Assim, se alcançam mais oportunidades e se aumentam as chances de melhorar a performance.

Então, neste artigo especial da Linkseller você confere:

  • O que é vendedor externo;
  • Diferença entre esse profissional e o representante comercial;
  • 5 cuidados para gerenciar o vendedor externo.

O que é vendedor externo

Para começar a entender o que é vendedor externo é preciso saber que ele é um funcionário, registrado de acordo com a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT).

Entretanto, diferente de outros colaboradores, ele trabalha a maior parte do tempo fora do escritório. Ou seja, visitando os clientes e leads.

Geralmente, sua função complementa as ações de vendas internas, sendo o indivíduo que vai até o consumidor, depois dele ser qualificado, para fechar negócio.

Diferença entre o que é vendedor externo e representante comercial

Também é preciso diferenciar o que é vendedor externo de um representante comercial. Afinal, a confusão entre esses dois cargos costuma ser frequente.

Assim, o representante de vendas não tem vínculo empregatício, apenas presta serviço como autônomo para a empresa.

Seu trabalho, de fato, é semelhante ao do vendedor externo. Entretanto, ele deve estar registrado no Conselho Estadual de Representantes (CORE) e não segue a CLT.

Outra diferença está na remuneração. Geralmente, o funcionário registrado recebe um salário fixo e uma comissão. Já o representante recebe apenas com base nos seus resultados.

Além disso, existe uma liberdade maior de horários quando não existe o vínculo empregatício. Ou seja, a maioria das diferenças está na parte burocrática e não prática.

5 cuidados para gerenciar um vendedor externo

O que é vendedor externo_diferença

Agora que ficou claro o que é um vendedor externo, vem uma parte importante do processo: a gestão. Afinal, como garantir que ele cumpra carga horária e metas, por exemplo, se boa parte do tempo ele está out of office?

Então, abaixo, você confere os principais passos para fazer um bom acompanhamento.

1) Use um sistema de CRM de vendas

Em primeiro lugar, invista em um bom sistema de CRM de vendas. Esse recurso, além de contribuir para acompanhar o trabalho do vendedor externo, também será estratégico para os resultados do time comercial.

Afinal, esse tipo de plataforma oferece diversas vantagens, como:

  • Gerenciamento do funil de vendas;
  • Dados salvos em nuvem;
  • Acesso 100% online, ou seja, as atualizações e comunicação podem ser em tempo real;
  • Estabelecimento e acompanhamento de metas e métricas, entre outros.

2) Meios de comunicação variados

Entender o que é vendedor externo e como trabalhar a gestão também passa por compreender a necessidade de investir em diferentes canais de comunicação.

Não adianta usar apenas o telefone ou e-mail como recurso para falar com o funcionário. Por isso, reforce a importância do uso e crie uma rotina para ferramentas como WhatsApp, Skype e até as disponíveis nas integrações do sistema de CRM, como a Pluga.

3) Padronize os procedimentos

Da mesma maneira, é essencial a padronização dos processos de vendas. Porém, mais importante que isso é determinar quem será responsável pelo quê.

Dessa forma, deixe que o vendedor externo fique responsável por uma etapa da jornada. Por exemplo, o fechamento ou o pós-venda.

Assim, você poderá contratar uma pessoa com características, conhecimentos e habilidades mais específicas. Também terá mais facilidade para gerenciar e avaliar o desempenho.

Em contrapartida, fica mais fácil para o colaborador “prestar contas” e realizar seu trabalho dentro do esperado.

4) Faça reuniões regulares para alinhar a agenda

Em quarto lugar, já que os processos foram citados, assim como a rotina de comunicação, vale reforçar a importância de fazer reuniões regulares.

Inclusive, elas poderão ser pelo Skype ou WhatsApp, de onde o vendedor estiver. Nesses encontros, alinhe a agenda, determine próximos passos, converse sobre metas e pegue feedbacks das visitas.

Assim, você terá em mãos informações para tomada de decisão e também poderá ver de perto o trabalho.

5) Não exagere na quantidade de visitas

Por fim, você já deve ter ouvido que “menos é mais”. Na definição sobre o que é vendedor externo essa realidade também pode se aplicar.

Afinal, é mais interessante visitar clientes ou leads qualificados e certos para o fechamento, do que perder tempo com deslocamentos desnecessários. Trabalhe com prioridades.

Dessa forma, converse sempre com o colaborador e crie uma agenda que faça sentido e que permita que ele passe para você como foi o dia e faça novos alinhamentos, por exemplo.

Agora, é seguir o que aprendeu, testar gratuitamente por até 7 dias o CRM da Linkseller e sentir a diferença na sua performance. Boas vendas!